Repórter que acusou Datena afirma ter sido induzida a inocentar o apresentador - Portal Overtube Repórter que acusou Datena afirma ter sido induzida a inocentar o apresentador - Portal Overtube

Repórter que acusou Datena afirma ter sido induzida a inocentar o apresentador

Datena fala com a repórter Bruna Drews no Brasil Urgente (Reprodução/Band)

Datena fala com a repórter Bruna Drews no Brasil Urgente (Reprodução/Band)

No início deste ano, o apresentador Datena, da Band, foi acusado pela repórter Bruna Drews de assediá-la durante uma comemoração em um bar, em São Paulo. Na ocasião, ele, supostamente, a teria elogiado de forma invasiva, entre outros comportamentos inadequados.

Depois de muita polêmica e de meses após a acusação, a mesma Drews decidiu registrar em cartório um documento em que inocenta o comandante do Brasil Urgente. A ex-contratada da emissora dos Bandeirantes decidiu se retratar sobre ter se sentido constrangida.

A história, no entanto, não acabou por aí. Usando sua conta oficial no Instagram, ela afirmou que, na realidade, foi induzida a se retratar. “Eu não menti. Fui induzida e mal orientada a assinar um documento que não condiz com a realidade. A verdade é que meu processo de assédio sexual contra o apresentador inexplicavelmente foi arquivado”, afirmou.

De acordo com Bruna Drews, não houve investigação policial e as autoridades sequer ouviram seu depoimento ou os de testemunhas do caso. “A justiça não me permitiu brigar pelos meus direitos”, afirmou a ex-repórter.

“A situação se inverteu e acabei processada por calúnia e difamação, mas não tinha condições psicológicas e financeiras para encarar mais esta briga. Fui induzida a fazer um acordo. No entanto, não estava totalmente consciente das consequências cíveis e criminais de declarar fatos que não aconteceram”, seguiu.

Ela ainda disse que os fatos aconteceram exatamente da forma como ela declarou inicialmente. “Mais uma vez eu digo: EU NÃO MENTI. Mulheres que passaram por isso sabem como é difícil encarar essa briga e vencê-la. Por último, quero deixar claro que não recebi nenhuma compensação financeira para cometer o ato errôneo de assinar a tal carta. Sigo com a minha moral e integridade intactas. Minha consciência está tranquila”, continuou.

Datena comentou o caso

Datena conversou com a coluna de Leo Dias no portal UOL e disse estar aliviado.  “O mau que isto me causou e a meus filhos, netos e, principalmente, esposa é irreparável, mas, enfim, a verdade aparece”, afirmou o apresentador.

“Não guardo mágoa de ninguém pois a vida e ser humano são assim mesmo”, garantiu.

Top