‘Carrossel’: resumo de terça-feira, 31/05/2022

Carrossel – Confira tudo o que vai acontecer na novela no capítulo desta terça, dia 31/05/2022:

Maria Joaquina diz a Carmen que os pais dela se tratam como cães e gatos. Para defender Carmen, Valéria e Marcelina chamam Maria Joaquina de invejosa e metida. Elas partem para a briga, mas Jaime as separa. Helena e Olívia entram na sala de aula. Olívia coloca Jaime de castigo, fora da sala. Olívia revela aos alunos que o Sr. Morales, que fez a doação do edifício da escola, fará uma visita. Ela pede para as crianças virem no dia seguinte com o uniforme impecável. Helena aconselha Jaime a ter bons costumes. Jaime diz à professora que não podia adivinhar que a diretora estava atrás dele. Cirilo fica preocupado com a visita de Sr. Morales, pois está com os sapatos gastos. Valéria, Marcelina e Bibi conversam com Maria Joaquina e aconselham a colega a tratar Cirilo bem. Orgulhosa, Maria Joaquina afirma que não tem culpa por Cirilo se sentir rejeitado. Cirilo conta para o pai, José, que Sr. Morales visitará a escola e ele precisa de sapatos novos. Maria Joaquina coloca sua coleção de sapatos sobre a cama e fica indecisa sobre qual modelo vai usar no dia seguinte. Paulo Guerra passa cola na sola do sapato da irmã, Marcelina. José comenta com o filho que não tem como comprar um par de sapatos novos para ele. Davi diz para Helena que Cirilo está com receio de que ela brigue com ele, por estar usando sandálias de borracha. Jaime defende Cirilo e ameaça os colegas, caso alguém faça piadas sobre as sandálias do amigo. O Sr. Morales chega à Escola Mundial. Firmino o recebe e o leva até a sala da diretora Olívia.

Graça fica encantada com Sr. Morales. Olívia recebe Morales em sua sala, fica fascinada pelo benfeitor e afirma que ele é muito generoso. Maldosa, Maria Joaquina comenta que ao ver as sandálias de Cirilo, o Sr. Morales vai pensar que a escola é frequentada por favelados. Sr. Morales comenta com Olívia que só ouviu elogios a respeito da professora Helena. A diretora o leva ao terceiro ano. Ao conhecer Helena, Morales não economiza elogios à professora. Olívia fica enciumada. Morales afirma a Maria Joaquina que foi muito amigo do pai dela durante a infância, até roubaram galinhas do vizinho juntos. Maria Joaquina faz uma cara de esnobe. Os alunos começam a gargalhar. Sr. Morales conversa com Cirilo. Deslocado, Cirilo diz que está sem os sapatos. Olívia afirma a Helena que é inadmissível um aluno de chinelos de borracha. Sr. Morales fala a Cirilo que as sandálias dele são muito bonitas e revela ao garoto que durante a infância andava descalço. O benfeitor afirma a Cirilo que ele terá um futuro brilhante. Maria Joaquina discute com o pai, Miguel, e brada que ele devia ter contado que foi pobre na infância, porque ela passou vergonha na sala de aula. Miguel diz à filha que morar em uma casa bonita e ter milhões de roupas não a faz ser melhor que ninguém. Maria Joaquina pergunta para a sua boneca se ela deve gostar de Cirilo, uma pessoa que é tão diferente dela. Helena aplica prova de gramática. Valéria e Marcelina pedem para ir ao banheiro.

Olívia e Matilde pesquisam sobre a vida de Helena na internet. Matilde afirma que Helena deve ter uma passado negro. Os alunos fazem a prova. Maria Joaquina afirma a Helena que Marcelina está colando, com o livro aberto embaixo da carteira. Valéria brada que sente vontade de dar uma bofetada em Maria Joaquina. Helena pede para Marcelina entregar sua prova e dá uma prova diferente para a menina. Os alunos entregam a prova a Helena, que diz que precisa conversar com Maria Joaquina. Jaime entrega a prova com meia página de redação. Helena conversa com Maria Joaquina e afirma que a menina é uma excelente aluna, mas não é uma boa colega. Helena comenta que Maria Joaquina só sabe criticar e delatar seus amigos. Maria Joaquina vai para o recreio e é esnobada pelos colegas. Firmino revela a Helena que ouviu os alunos comentarem que iriam fazer julgar Maria Joaquina. Firmino vê Maria Joaquina isolada no pátio e aconselha a garota a pedir desculpas aos amigos. Pedante, ela diz que nem morta. Helena conversa com Daniel e afirma que não vai aceitar que façam mal a Maria Joaquina, pois ninguém tem direito de julgar ninguém. Chega à Escola Mundial o material para a construção da lanchonete. Miguel e Clara percebem a tristeza de Maria Joaquina. A menina conversa com seu bicho de pelúcia e diz que a professora Helena não gosta dela, pois só defende os outros alunos.

Top