Éramos Seis: Afonso aconselha Virgulino a continuar ser alguém honesto Éramos Seis: Afonso aconselha Virgulino a continuar ser alguém honesto

Éramos Seis: Afonso aconselha Virgulino a continuar ser alguém honesto

Virgulino (Kiko Mascarenhas) e Lúcio (Jhona Burjack) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Virgulino (Kiko Mascarenhas) e Lúcio (Jhona Burjack) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Virgulino (Kiko Mascarenhas) será ameaçado pelo patrão para participar de um esquema ilegal dentro da empresa em que trabalha. Virgulino não saberá o que fazer, afinal, a quantidade de dinheiro que ganhará é tentadora. Seus filhos serão contra, contudo, Genu (Kelzy Ecard) incentivará o marido a entrar no esquema.

Confuso sobre o que fazer, Virgulino irá desabafar com Afonso (Cássio Gabus Mendes). Ele contará pelo o que está passando e acrescentará: “Amanhã vou ter que assinar o papel, aceitando a falcatrua… O lugar onde eu trabalhei por estes anos todos e nunca fiz nada desonesto”. Afonso ficará pasmo com a história.

Virgulino ainda dirá o quanto se sentiu impotente por não ter dado um soco no patrão e ainda falará que não conseguiria encarar a família caso acabasse na cadeia. Afonso aconselhará o amigo: “Se é assim que se sente… Ainda não cometeu o delito, não assinou nada, apenas prometeu… e promessas podem ser quebrada”.

Virgulino refletirá sobre o que Afonso lhe disse. No dia seguinte, ao se encontrar com o patrão, ele recusará participar do caixa dois. A cena está prevista para ir ao ar dia 21 de janeiro. Saiba o que mais vai acontecer em Éramos Seis e outras novelas com o resumo da semana.

Top