Éramos Seis: Após agredir Lola, Júlio vai para os braços de Marion Éramos Seis: Após agredir Lola, Júlio vai para os braços de Marion

Éramos Seis: Após agredir Lola, Júlio vai para os braços de Marion

Júlio (Antonio Calloni) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Júlio (Antonio Calloni) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Em Éramos Seis, mesmo tendo feito uma promessa para Emília (Susana Vieira), Júlio (Antonio Calloni) voltará a bater em Alfredo (Pedro Sol). Contudo, Lola (Glória Pires) entrará na frente do frente para protege-lo da surra. Júlio se descontrolará mais ainda e acabará agredindo Lola. O patriarca se mostrará arrependido do que fez. Em seguida, ele irá beber e se entregará para Marion (Ellen Rocche), sua amante.

Após levar um empurrão de Júlio, Lola dirá para ele nunca mais encoste um dedo nela. Arrependido, o personagem de Antonio Calloni se justificará: “Você me fez perder a cabeça, mas eu não queria”. Em seguida, ele sairá de casa e irá afogar as mágoas na bebida. Marion aparecerá para consolá-lo.

“Andou sumido. Tenho esperado você todas as noites”, comentará a amante. Júlio lamentará: “Eles não ligam para mim, não sei se sou um bom pai, marido então. Não sou um exemplo, como a Lola diz. E aí… danou-se. Meu filho Alfredo fugiu de casa, só apareceu de manhã”.

Marion tentará aliviar a tensão de Júlio com uma conversa mais descontraída. Ela dirá que pai e filho não se dão bem pois são muito parecidos. Júlio questionará o motivo de não se darem bem, mesmo tendo tanto em comum. A personagem de Ellen Rocche aconselhará: “Diz isso para ele. Que você gosta dele. Conversa com ele”.

Mesmo com a saúde debilidade, Júlio não seguirá o conselho do médico e beberá. Marion impedirá que Júlio volte para casa bêbado e o convidará para passarem a noite juntos.

A sequência está prevista para ir ao ar dia 9 de outubro. Saiba o que mais acontecerá em Éramos Seis e outras novelas acessando nosso resumo da semana.

Top