Éramos Seis: Após morte de Carlos, clima fica tenso entre Julinho e Alfredo Éramos Seis: Após morte de Carlos, clima fica tenso entre Julinho e Alfredo

Éramos Seis: Após morte de Carlos, clima fica tenso entre Julinho e Alfredo

Julinho (André Luiz Frambach) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Julinho (André Luiz Frambach) em Éramos Seis (Reprodução / TV Globo)

Em Éramos Seis, Julinho (André Luiz Frambach) sempre prezou pela ascensão social, tanto que coloca o trabalho a frente de tudo. Nos próximo capítulos, mesmo com a morte de Carlos (Danilo Mesquita), Julinho continuará trabalhando. Isso deixará Alfredo (Nicolas Prattes) incomodado e isso gerará uma tensão entre os irmãos.

Julinho chegará na loja de Assad (Werner Schunemann) e pedirá alguns tecidos para Alfredo: “Crepe georgette, organza… Falta só o tafetá. Seu Assad pediu pra eu mandar um rolo de cada pra loja do Rio. Separa pra mim, Alfredo?”. O irmão que está trabalhando sem vontade reclamará que Assad deveria respeitar o luto pela morte de Carlos. 

Os dois irmãos estarão prestes a começar uma discussão quando Almeida (Ricardo Pereira) aparecerá e dirá para Alfredo não se revoltar tanto e que emprego está difícil de achar. “Só por isso estou aqui, porque preciso. Senão já tinha jogado tudo pro alto”, responderá o personagem de Nicolas Prattes, que anteriormente mentiu para a mãe dizendo que estava feliz com seu trabalho.

Julinho falará: “Prometeu ao Carlos que ia ajudar a mamãe. Não pode fraquejar. Amanhã vou embora e ela só tem você e Isabel. Então, trate de sair do buraco”. Na verdade Alfredo gosta é de se dedicar às lutas políticas e isso tem feito ele se atrasar constantemente no trabalho.

Saiba o que mais vai acontecer em Éramos Seis e outras novelas com o resumo da semana.

Fique por dentro das novidades e dos babados do mundo dos famoso no Instagram.

Top