Final de A Favorita: Humilhado, Silveirinha troca de lado e deixa Flora em apuros

Silveirinha terá redenção no final de A Favorita

Silveirinha terá redenção no final de A Favorita

Na reta final de A Favorita, Silveirinha (Ary Fontoura) cansará de ser humilhado por Flora (Patrícia Pillar) e trocará de lado. Ele descobrirá que Donatela (Claudia Raia) na verdade está viva e logo tratará de se aliar a mocinha.

Nos próximos capítulos de A Favorita, no ar nas tardes da Globo pelo Vale a Pena Ver de Novo, Silveirinha ajudará Flora a matar Gonçalo, numa cena assustadora e cruel. No entanto, o ex-empresário da dupla Faísca e Espoleta não aguentará mais as humilhações diárias de Flora.

Ao descobrir que Donatela está viva, Silveirinha verá a oportunidade perfeita para mudar de lado e se aliar a mocinha.

Leia também:

Giovanna Gold sobre encontro com a Zefa de Pantanal: ‘Cumprimentei e só’

Nelson Rubens interrompe Fefito, leva bronca e TV Fama acaba em clima de tensão

Silveirinha faz aliança com Donatela contra Flora em A Favorita

Ao aparecer viva para Silveirinha, Donatela expõe toda a verdade para o ex-empresário da dupla sertaneja. Esperto, ele perceberá que a mocinha tem muita gente ao seu lado e que o cerco se fechou para o lado de Flora.

Sem expectativa de vitória para a vilã, Silveirinha perceberá que melhor mesmo é ficar do lado de Donatela.

Leia também:

Pantanal chega ao fim com corte de quase 50 capítulos na Globo; entenda

Jade Picon e Chay Suede surgem em clima de romance nas gravações de Travessia; assista

Como será o final de Silveirinha?

Aliado a Donatela, Silveirinha a ajudará a provar sua inocência e a mostrar a todos que Flora é a verdadeira vilã. O final do mordomo será de redenção.

No final de A Favorita, Silveirinha reaparecerá novamente revivendo os dias de empresário. Flora já estará presa quando ele surgirá assistindo um show de uma dupla sertaneja infantil. Ao assistir ao show da dupla Fátima e Lurdinha, meninas de 10 e 12 anos, ele tentará transformá-las na nova dupla Faísca e Espoleta.

“O senhor que é o Seu Altino, pai das meninas? Parabéns! Muito prazer!”, dirá Silveirinha. “As meninas são ótimas! Dois talentos! Dois talentos na mesma família!”, continua.

Em seguida, ele fará uma proposta: “Nunca pensou que essas meninas pudessem fazer uma carreira artística? Devia ter pensado! Sabe por quê? Porque elas são dois rouxinois, cantam divinamente, são bonitas, são carismáticas… Eu tenho certeza que, se essas meninas abraçassem a carreira artística, elas iam fazer um enorme sucesso”.

Paulo Victor
Professor e entusiasta da sétima arte, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a dramaturgia para as diferentes telas.
Top