O Sétimo Guardião: Ondina pede perdão para Luz O Sétimo Guardião: Ondina pede perdão para Luz

O Sétimo Guardião: Ondina pede perdão para Luz

Ondina (Ana Beatriz Nogueira) em O Sétimo Guardião

Ondina (Ana Beatriz Nogueira) em O Sétimo Guardião

Nos próximos capítulos de O Sétimo Guardião, Ondina (Ana Beatriz Nogueira) contará para Luz (Marina Ruy Barbosa) que é sua mãe. Contudo, Luz não receberá bem a notícia e fugirá para seu quarto. Ondina irá conversar com a filha e contará tudo o que aconteceu com o pai dela. A guardiã pedirá perdão para Luz por tudo o que aconteceu e Luz aceitará Ondina como sua mãe.

“Que tipo de pessoa deixa uma filha bebê assim, desprotegida, no meio do nada? Isso não é um pai, é um monstro!”, falará Luz depois de ouvir o relato de Ondina. “Eu não estava lá pra ver, Luz, mas posso imaginar… Quando ele se viu com você nos braços, chorando, sem saber pra onde ir, o que fazer… Se desesperou! Por isso fez o que fez!”, responderá a guardiã. “Falando assim, parece que você perdoou ele…”, Luz comentará.

Ondina responderá muito séria: “Nunca. Posso nascer e morrer cem vezes, nunca vou perdoar o que ele fez com você e comigo. Nos separar, nos impedir de viver uma vida juntas…”. A neta de Sóstenes (Marcos Caruso) questionará: “Mas você não tentou me achar? Não conseguiu nenhuma pista? Nada?”. A dona da pousada contará: “Tentei. Tentei tudo o que uma moça tonta, pobre e ingênua poderia ter tentado. Mas durante todos esses anos vivi com a culpa me consumindo por não ter tentado mais. Se você soubesse, Luz, tudo que eu sofri, o tanto que chorei por não te encontrar”.

Filha querida

“Não sei a dor de perder um filho, mas sei a dor de não ter uma mãe…”, falará Luz. Ondina perguntará: “Algum dia você vai me perdoar?”. “Perdoar… porquê?”, indagará a filha. Ondina responderá: “Por ter me entregado a um louco, desequilibrado, ter tido uma filha com ele e não ter conseguido te proteger…”. Luz falará: “A gente não pode se culpar por amar”. “Será que algum dia você vai me aceitar… como sua mãe de verdade? Claro, a gente tem que fazer esses testes aí de maternidade e tudo mais, mas…”, Ondina começará a falar.

Luz interromperá a guardiã e dirá: “Se tudo que me falou é verdade, e não tenho razão pra acreditar que não é… esse dia é hoje. Não precisa de teste nenhum”. Ondina perguntará: “Você está falando sério?”. Luz responderá emocionada: Sabe o que eu sinto agora, olhando pra você? Que fui órfã durante vinte e dois anos, mas acabei de ganhar minha mãe de volta!”. Em lágrimas, as duas se abraçarão e Ondina dirá: “Minha filha… Minha filha querida…”.

Top