O Sétimo Guardião: Stefânia conta para Ondina seu desejo de deixar o cabaré - Portal Overtube O Sétimo Guardião: Stefânia conta para Ondina seu desejo de deixar o cabaré - Portal Overtube

O Sétimo Guardião: Stefânia conta para Ondina seu desejo de deixar o cabaré

Stefânia (Carol Duarte) em O Sétimo Guardião

Stefânia (Carol Duarte) em O Sétimo Guardião

Nos próximos capítulos de O Sétimo Guardião, o amor entre Stefânia (Carol Duarte) e João Inácio (Paulo Vilhena) só aumenta. Stefânia decidirá contar para Ondina (Ana Beatriz Nogueira) sobre deixar o cabaré e ir viver com João Inácio. Mesmo apoiando decisão de Stefânia, Ondina dirá que as coisas podem não ir tão bem quanto ela espera.

Resumo Semanal – Novela “O Sétimo Guardião” – 17/12/2018 a 22/12/2018

“Ele vai me tirar dessa vida! Disse que quer ficar comigo!”, contará Stefânia para Ondina. “Pra isso vai ter que enfrentar duas feras: a sogra e o filho”, dirá Ondina. “A gente se ama, Mamãe! E o amor vence tudo…”, falará Stefânia. “Desde os tempos das cavernas que os homens se trumbicam, sabe por quê? Porque acreditam nisso!”, responderá a dona do cabaré.

“A senhora nunca amou?”, perguntará Stefânia. “Tudo que posso lhe dizer é que neste terreno eu também cometi alguns erros. Se deixar o cabaré vai viver do quê, me diz?”, dirá Ondina. “Do salário do meu homem! Vou viver com ele, cuidar da casa, fazer comida… Ah, depois de tudo que já passei? Será a melhor das vidas!”, responderá a funcionária do cabaré.

Exceção à regra

“O mundo tá mesmo virado. Tanta mulher por aí a fim de trabalhar pra ser dona do próprio nariz e você querendo depender de marido?”, comentará Ondina. “Estou na rua desde os 14 anos, já trabalhei demais!”, explicará Stefânia. “Mas vai continuar trabalhando, só que o trabalho vai ser outro. E também vai ser duro”, explicará a patroa. “Ah… Deixar essa vida… Mamãe já viu alguém fazer isso?”, perguntará Stefânia.

Ondina dirá que conheceu algumas, porém elas sempre voltam para vida que tinham, porém diferentes. “Mais tristes. Mais duras. Mais amargas… E aí, sim: sem acreditar em mais nada”, concluirá Ondina. “Então eu não tenho saída? Nunca vou ser feliz? A senhora não me dá nenhuma esperança?”, indagará Stefânia começando a chorar.

Ondina chorará também, ela abraçará Stefânia e dirá: “Esperança eu não dou. Minha experiência de vida não permite. Mas lhe digo que as exceções desmentem as regras. Por isso, se ama o João Inácio, e se ele te ama, então siga em frente. Viva a sua vida! Porque, boa ou má, a vida é pra ser vivida.

Top