Órfãos da Terra: Bruno fotografa manifestação em faculdade Órfãos da Terra: Bruno fotografa manifestação em faculdade

Órfãos da Terra: Bruno fotografa manifestação em faculdade

Bruno (Rodrigo Simas) em Órfãos da Terra

Bruno (Rodrigo Simas) em Órfãos da Terra

Nos primeiros capítulos de Órfãos da Terra, Bruno (Rodrigo Simas) e Abner (Marcelo Médici) serão chamados para fotografar uma manifestação estudantil em uma faculdade. Lá, o fotógrafo conhecerá Cibele (Guilhermina Libanio) que está liderando os estudantes. Os estudantes se reunirão na sala do reitor, e logo a polícia chegará. Abner acabará sendo levado pela polícia juntos com os estudantes.

Depois de se apresentarem, Cibele dirá: “A coisa tá fervendo lá dentro”. Com medo, Abner perguntará: “Fervendo como? Tá tendo violência?”. Cibele responderá: “Ainda não. Mas a gente vai ocupar a reitoria. Pode ser que eles chamem a polícia. Quero que vocês registrem tudo pro site do Centro Acadêmico. Valeu?”. Abner indagará: “Polícia? Pelo menos… vocês já acertaram o preço do trabalho?”.

Cibele dirá: “Preço?! Ô, cara, achei que você tinha entendido que não ia rolar grana…”. Bruno falará: “Relaxa! Tô fazendo por simpatia à causa da educação, Abner!  Bora lá! Tô animadão pra começar!”. Os fotógrafos seguirão os estudantes que ocuparão a reitoria da faculdade.

Preso com os estudantes

Com a reitoria ocupada, Cibele dirá: “Não vamos destruir nada! É uma ocupação pacífica! Vamos ficar aqui, até que atendam nossas reivindicações!”. Todos os estudantes gritarão: “Ocupar e resistir! Ocupar e resistir!”. Eles começarão a colocar faixa na sala, Bruno e Abner tirando fotos. Abner começará a se engraçar com Cibele e a ajudará a colocar uma das faixas.

Logo a polícia chegará e um dos policiais dirá: “Vamos sair, pessoal! Acabou a brincadeira!”. Cibele responderá: “Não vamos negociar com a polícia, estamos aqui para falar com o reitor e não vamos sair até ele chegar”. O policial retrucará: “Quem não sair por bem, vai sair por mal!”. Cibele enfrentará: “Esse é um movimento pacífico, ninguém tá destruindo nada aqui! Só estamos lutando por melhores condições de ensino”.

Cibele começará a puxar o coro de estudante novamente. Bruno chamará por Abner, mas o amigo acabará no meio dos estudantes. A polícia perderá a paciência e começará a empurrar os estudantes para fora da sala. Abner será preso e Bruno exclamará: “Ele tá comigo, policial. Somos jornalistas”. O policial responderá: “Jornalista nada! Esse aqui tava metido na baderna!”. Abner será levado e Bruno irá atrás tentado livrá-lo.

Top