Resumo da novela ‘Nazaré’ de quarta-feira, 12/01/2022 - Portal Overtube Resumo da novela ‘Nazaré’ de quarta-feira, 12/01/2022 - Portal Overtube

Resumo da novela ‘Nazaré’ de quarta-feira, 12/01/2022

Confira o resumo de hoje da novela Nazaré (Imagem: Reprodução)

Confira o resumo de hoje da novela Nazaré (Imagem: Reprodução)

Confira tudo o que vai acontecer na novela Nazaré no capítulo de quarta-feira, dia 12 de janeiro:

Numa casa isolada, o/a encapuzado/a aponta uma arma a Nazaré, que está deitada numa cama e acaba de despertar. Nazaré consegue dar um pontapé no/a encapuzado/a e começa a fugir enquanto é perseguida pela pessoa que a raptou. Nazaré, em desespero, vai fugindo e tentando abrir todas as portas por onde passa até que consegue abrir uma das portas e fica em choque ao ver Cláudia deitada numa cama de hospital em coma. Nazaré, sempre à escuta, confirma que não vem ninguém atrás dela e chega-se a Cláudia olhando para a amiga em choque. O/a encapuzado/a procura por Nazaré, em todas as divisões, de uma forma doentia. Nazaré continua escondida quando, de repente, o/a encapuzado/a abre a porta. Nazaré consegue fugir. O/a encapuzado/a ainda faz mira e dispara. Nazaré corre, mas as dores no ombro da queda levam-na a abrandar e, quando se apercebe, está mesmo muito perto de quem a raptou. À entrada do Lar, Isabel está muito exaltada e pede aos dois agentes que a acompanham que entrem e acabem com aquela parvoíce. Matilde chega, nesse momento, e pede a Isabel que a deixe falar com os amigos. Matilde tentam apelar ao bom senso de Ermelinda, Floriano e João mas estes não cedem e dizem que não pensam abandonar o Lar. Isabel, já fora de si, ordena aos agentes que avancem e os expulsem mas, perante a situação, estes são incapazes de o fazer. Matilde olha para os agentes e agradece-lhes o ato de bondade.

Mais tarde, e já em casa, Matilde está preocupada com a falta de notícias de Nazaré. Toni e Joaquim, que estão com ela, também estão inquietos por não saber o que lhe aconteceu. Toni liga a Duarte que confirma que Nazaré não está com ele. De repente, Joaquim repara numa gota de sangue e aí a preocupação torna-se geral e saem em busca de Nazaré. Duarte, que está de saída, é surpreendido por Dolores que vai ter com ele à Quinta para lhe falar sobre Bárbara e pedir desculpa por todo o mal que a filha lhe fez. Duarte agradece a atitude, mas confessa a Dolores que não vai alterar em nada a situação dele e de Bárbara. Duarte comenta com Dolores o que se passa com Nazaré. Sofia agradece a Nuno ficar de vigia à porta de casa. Nuno tenta descansar Sofia e dizer que, caso Heitor regresse, o vão apanhar. Duarte e Dolores chegam a casa dos Soares e confrontam Bárbara com o desaparecimento de Nazaré. Bárbara, de orgulho ferido, começa a atacar Duarte enquanto este tenta perceber se ela está a dizer a verdade ou não. Bárbara grita com Dolores completamente transtornada.

Nuno vai a casa tomar um banho e, sem que ninguém esperasse, Heitor entra para casa, sem ser visto, para surpresa de Sofia e Carol. Heitor tira-lhes os telemóveis e corta o fio do telefone para que não possam falar com ninguém. Sofia e Carol estão aterrorizadas. Na casa Gomes, Duarte apressa Toni para que saiam à procura de Nazaré quando ela entra debilitada. Nazaré conta-lhes o que aconteceu e que encontrou Cláudia. No espanto de todos por descobrirem que Cláudia afinal está viva. Saem os três para o local onde ela está. Heitor diz a Sofia e à filha que a culpa disto é delas e que, a partir dali, vão as duas fazer a vida normal, mas só sai uma de cada vez pois a outra servirá sempre como refém caso decidam abrir a boca para contar que ele lá está. Bernardo analisa as fotos do acidente do pai, que pediu ao inspetor Santos, uma vez que não está certo de que tenha sido o tiro de Ismael a fazer explodir o carro. Verónica está pronta para sair e leva Yara consigo. Érica tenta pedir à mãe que lhe deixe a bebé, mas Verónica está irredutível. Quando Verónica sai, Érica e Bernardo vasculham o seu quarto com o objetivo de encontrar algo que a comprometa. Ao contrário do que estava à espera, Érica encontra o pedido de abertura do processo da guarda de Yara.

Nazaré, Duarte e Toni chegam ao local onde estava Cláudia, mas encontram apenas a cama de hospital vazia. Toni começa a olhar à volta, à procura de alguma pista, e encontra um batom debaixo da cama. Decidem chamar a polícia e indicar a prova que acabaram de descobrir. Érica vai ao Hotel e conta a Laura o que Verónica está a planear. Laura, muito revoltada, compromete-se a ajudar Érica, mas diz-lhe que tem de fazer exatamente aquilo que ela disser. Sofia prepara Carol para ir para a escola sob a ameaça constante de Heitor. Carol sai e Matias liga a Sofia, que o despacha o melhor que pode para evitar que Heitor faça ainda mais estragos. Mais tarde, Laura vai até à Atlântida tirar satisfações com Verónica, as duas trocam acusações e Laura, perdendo as estribeiras, agarra os cabelos de Verónica e avisa-a que não a vai deixar ficar com Yara. No Restaurante, Glória fica em choque por saber que Cláudia está viva. Joaquim diz ter a certeza que Verónica está por trás disto tudo. Dolores comenta que João, Ermelinda e Floriano saíram do lar pois Isabel apareceu com uma ordem judicial que os obrigou a abandonar as instalações. Verónica, em casa, pede a Paula que vá passear um bocadinho com Yara. Nuno chega e diz que Sofia lhe deu uma “folga”. Nuno está visivelmente cansado, mas olha para Verónica com paixão e começa a beijá-la. Os dois, já envolvidos, cedem à paixão. Nuno vê Verónica num misto de paixão e raiva que não sabe bem como controlar. Verónica não desconfia das verdadeiras intenções de Nuno.

Toni, Nazaré e Duarte tentam saber, junto do inspetor Santos, se há novidades em relação a Cláudia. Santos diz que ainda não tem novidades nem de Cláudia nem da análise das provas. Toni diz a Nazaré que precisa de falar com ela sobre a gravidez de Bárbara. Toni conta tudo a Nazaré, que o olha em choque e não quer acreditar que Toni considerou aceitar a proposta doentia de Bárbara. Toni tenta redimir-se dizendo que, caso Nazaré queira ficar com ele, será pelos motivos certos e não por causa de uma chantagem de uma terceira pessoa. Duarte vai até casa dos Soares e entrega a Bárbara os papéis do divórcio. Bárbara começa a entrar numa espiral de loucura, dizendo que não vai assinar os papéis pois não se quer divorciar e que Duarte nunca vai encontrar uma mulher que o ame tanto como ela. Duarte diz-lhe que, caso não assine, vão para tribunal e o desfecho será o mesmo, a escolha é dela. Bárbara parece ceder mas, de repente, num ato de raiva, risca os papéis. Bernardo encontra-se com o inspetor Santos no Hotel e diz-lhe, que depois de uma análise minuciosa às fotos do acidente, chegou à conclusão que não foi o tiro de Ismael que fez explodir o carro. Bernardo pede a Santos que procure por outra bala.

Isabel está no Lar e diz à equipa de mudança que comecem a empacotar tudo. Joaquim chega e diz a Isabel que, agora que já conseguiu o Lar, é um pequeno passo até conseguir o Mercado. Isabel não entende quais as intenções de Joaquim, mas este propõe-lhe um trato e Isabel fica interessada. Joaquim conta-lhe do seu passado enquanto falsificador e, promete que se ela lhe pagar bem, ninguém notará que as assinaturas dos vendedores são falsas. Nazaré está na Quinta e diz a Duarte que vai a casa de Verónica ver se encontra um batom igual ao que encontraram no quarto onde Cláudia estava. Bárbara entra em casa e dá com Nazaré e Duarte e fica completamente transtornada. Inicia-se mais uma cena louca de ciúmes de Bárbara, Duarte pede-lhe que saia, mas Bárbara não para de provocar Nazaré. Instala-se a discussão e Bárbara pega num vaso e parte-o na cabeça de Nazaré. Já na cozinha, Duarte trata do ferimento de Nazaré enquanto conversam. A atração entre os dois é evidente e algo que não conseguem contrariar. Duarte, num impulso, beija Nazaré. Nazaré recua e confessa a Duarte que apesar de ele ser tudo o que ela quer, Duarte tem de entender que não pode jogar assim com os sentimentos dela. Nazaré sai e Duarte fica arrasado.

Top