Resumo da novela 'O Que a Vida me Roubou' – 06/07/2020 - Portal Overtube Resumo da novela 'O Que a Vida me Roubou' – 06/07/2020 - Portal Overtube

Resumo da novela ‘O Que a Vida me Roubou’ – 06/07/2020

Confira tudo o que vai acontecer na novela O Que a Vida me Roubou no capítulo desta segunda-feira, dia 06 de julho:

Pedro tenta pressionar Alessandro para que ele confesse que é culpado pelo cultivo de drogas e é sócio de Samuel. Alessandro resiste. Pedro, furioso, diz a Ezequiel que ele tem que obrigar Samuel se manter firme na confissão, acusando Alessandro. José Luís consegue falar com Samuel e diz saber que ele confessou que Alessandro é seu sócio. Samuel responde que desejam obrigá-lo a fazer isso, mas ele não o fará. Samuel diz que não tem motivos para se unir a Pedro nessa injustiça, pois seu único sócio era Joaquim Arechiga. José Luís está desolado no hospital, pois Angélica está muito grave. Amélia diz que sua filha não queria terminar assim. Nádia, chorando, diz a Pedro que se sente mal por usar Victor em seus planos sujos. Pedro, cínico, responde que esse é o preço que tem que pagar por colocar os olhos em uma mulher que não é pra ele. Nádia o diz que o odeia. José Luís pede a Renato que leve um recado a Montserrat, mas que não a diga que é ele quem manda. Renato diz a Montserrat que é urgente que fale com Alessandro e com seu advogado, e os diga que Samuel não assinou nenhuma confissão. Fabíola pede que Amélia lhe explique porque Graziela disse que sua mãe não podia ter filhos. Ela pergunta se é adotada.

Amelia diz a Fabíola que é melhor elas partirem de Água Azul, pois ali ela não vai conseguir nada. Amelia diz que Graziela tem razão, que os pais de Fabíola jamais tiveram filhos próprios e ela é adotada. Fabíola chora e diz que é por isso seu tio Benjamin a abandonou assim que seus pais morreram. Amélia diz que queria a verdade e lamenta que ela tenha descoberto dessa maneira. Montserrat diz a Victor que Samuel não confessou nada e que não há provas suficientes contra Alessandro. Renato diz que se desejam ajudar Alessandro, precisam se apressar, pois não sabem quanto tempo Samuel aguentará. Ezequiel agride brutalmente Samuel para que assine sua confissão acusando Alessandro de ser seu sócio. Carlota pede a Ezequiel que ajude a tirar Alessandro da prisão, pois José Luís quer destruí-lo. Ezequiel, hipócrita, diz que fará todo o possível para ajudá-lo. Por ordens de Pedro, Adolfo sequestra Virginia para pressionar Joaquim a acusar Alessandro.

Angélica recobra o conhecimento e pede a Jose que a leve até seu pai. Joaquim, chorando, diz a Alessandro que sua filha Angélica está morrendo e se arrepende de todo mal que o fez, pois sente que falhou. Joaquim se surpreende ao ver Pedro. Este diz que vai lhe mostrar umas fotografias. Joaquim vê Virginia dormindo amarrada. Pedro lhe diz que no momento sua filha está bem e depende exclusivamente dele que ela continue ou não assim. Pedro ordena que Joaquim escreva uma carta suicida, que encontrarão em sua cela depois de sua morte. Angélica, chorando, diz a José Luís que se ele a ama de verdade, a tire do hospital, pois prefere estar em casa mesmo que por um dia ou um ano. Joaquim, pressionado, por Pedro, escreve uma carta de suicídio culpando Alessandro por sua morte. Joaquim pede que Pedro ao menos permita que ele veja uma vez mais sua filha Angélica, que está morrendo no hospital. Ele responde que por Angélica já não há nada que possa ser feito, mas por Virginia sim. Pedro diz que ele precisa estar morto até a madrugada.

Joaquim chora desolado. Amélia pergunta a José Luís se ele convenceu Angélica a permanecer no hospital e aceitar o tratamento. José Luís responde que sua filha não deseja permanecer por lá e eles precisam respeitar a decisão da moça. Amélia diz que o médico lhe deu esperanças, mesmo que anteriormente tenha dito que ela teria muito pouco tempo de vida. Amélia pergunta se José chegou a amar Angélica de verdade. Ele diz que a ama profundamente e não quer perdê-la. Alessandro diz a Joaquim que sabe que o fizeram trocar de parecer e não vai mais declarar a seu favor. Angélica pede a sua mãe que a leve para ver seu pai, pois quer que lhe diga a verdade sobre Alessandro. Carlota diz a Montserrat que Ezequiel disse que Jose Luís é quem convenceu Pedro de que Alessandro é culpado, que o quer destruir, mas Ezequiel não irá ajudar. Ezequiel diz a Pedro que ainda não conseguiu que Samuel assine a confissão que culpa Alessandro de ser seu sócio. Pedro, furioso, diz que ele é um inútil.

Top