Resumo Semanal – Novela “Porto dos Milagres” – 13/05/2019 a 18/05/2019 Resumo Semanal – Novela “Porto dos Milagres” – 13/05/2019 a 18/05/2019
Você está lendo
Página inicial > Resumo semanal > Resumo Semanal – Novela “Porto dos Milagres” – 13/05/2019 a 18/05/2019

Resumo Semanal – Novela “Porto dos Milagres” – 13/05/2019 a 18/05/2019

Porto dos Milagres

Porto dos Milagres

SEGUNDA-FEIRA, capítulo 73, 13 de maio, às 15h30 e à 00h em Porto dos Milagres:

Victório assedia Adma, que tenta escapar. Félix sai do quarto e liga para o celular da mulher, livrando-a do bote final do senador. O casal comemora o sucesso do plano, Victório respira aliviado ao encontrar uma fita dentro de sua necessaire. Genésia dorme inquieta agarrando o lençol como se fosse a calça de Ezequiel, que dorme na cadeia. Nas costas dele vê-se uma tatuagem com o escudo da FAB. Guma decide doar os peixes para a população e mobilizar a cidade para que a Prefeitura financie um caminhão frigorífico para a Cooperativa. Guma leva um peixe para Lívia. Epifânia gosta dos planos de Guma e marca uma audiência com ele. Luiza fica indignada ao ver Selminha em sua casa. Lívia conta para Leontina que está apaixonada por Guma. Oswaldo sugere que Guma seja convidado para almoçar e Lívia gosta da ideia, mas Augusta odeia. Victório fica transtornado ao ouvir a sua voz no gravador de Félix.

TERÇA-FEIRA, capítulo 74, 14 de maio, às 15h30 e à 00h:

Félix diz que ou o senador dá apoio total a sua candidatura ou ele divulga a fita. Na Convenção, Victório lança a candidatura de Félix. Alexandre assiste orgulhoso pela televisão ao discurso do pai, assim como toda a população de Porto dos Milagres. Genésia se agarra com o terço para esquecer o capeta. Babau pede que Ezequiel seja liberado da cadeia e Epifania manda que a filha encerre a questão, Lívia vai se encontrar com Guma e Alexandre e Esmeralda olham de longe. Guma leva a namorada ao nicho de lemanjá e pede que a Rainha do Mar a proteja. Dulce aconselha Rufino a tentar entender a vida da irmã. Lívia convida Guma para almoçar em sua casa. Paçoca está melhor, para alegria de Judith. Rita cuida de Selminha com carinho. Luiza sente vergonha quando Haidê chega na sua casa e Fred a vê. Na hora da divisão do dinheiro, Oswaldo abre a mala e só encontra papel picado. Epifania garante o financiamento do caminhão frigorífico.

QUARTA-FEIRA, capítulo 75, 15 de maio, às 15h30 e à 00h:

Guma fica exultante com a notícia do financiamento. Augusta tem um ataque e começa a comer as tiras de papel. Luiza reclama das quengas e Rita é dura com a filha, Venâncio vê Haidê entrando na casa de Luiza e fica pasmo. Epifania descobriu uma fórmula de financiar o caminhão, através de uma linha de crédito que Félix inventou para beneficiar alguns amigos. Guma e a prefeita contam com Babau na Câmara dos Vereadores, para que Félix não reverta a situação ao voltar para a cidade. Para isso, basta que ele, como vereador, ameace pedir uma CPI, se necessário. Os pescadores aclamam a prefeita, que agradece da sacada. Félix dá uma entrevista na piscina do hotel. Uma mulher misteriosa observa: é Rosa Palmeirão. Rodrigo pede que as crianças não brinquem no riacho, Amapola fica furiosa ao saber da quenga na casa de Luiza. Augusta acusa Guma de roubar os dólares. Adma sonha com a cigana. Félix e Rosa se encontram.

QUINTA-FEIRA, capítulo 76, 16 de maio, às 15h30 e à 00h:

Adma fica surpresa ao ver Félix conversando com Rosa, mas disfarça o ciúme. Augusta segue acusando Guma, que se irrita e ameaça processá-la por calúnia e difamação. Lívia fica sem saber o que dizer quando Guma se mostra feliz, porque o dinheiro dela não foi roubado, já que ela havia emprestado para ele. Oswaldo insiste que a mulher peça perdão ao pescador e ela o faz a contragosto. Eriberto reage furioso à atitude de Epifânia e exige que Deodato tome uma atitude. Mais tarde, Augusta acusa Lívia de ter roubado o dinheiro para dar a Guma, pega uma peixeira e encosta no pescoço dela. Oswaldo consegue desarmá-la. Rosa Palmeirão observa a saída triunfal do hotel de Adma e Félix, que faz o “V” da vitória. Oswaldo está com os dólares guardados, mas ninguém sabe. Rodrigo manda uma amostra da água do riacho para análise. Lívia vai até a casa de Guma, vê uma foto e reconhece a sua mãe.

SEXTA-FEIRA, capítulo 77, 17 de maio, às 15h30 e à 00h:

Rita conta a história de Leôncio, Laura e do bebê, que morreram na explosão. Lívia percebe que a família sempre mentiu para ela e chora emocionada. Amapola bate na porta e Rita pede que ela volte outra hora, deixando a madame furiosa. Oswaldo acha que chegou a hora de contar a verdade e vai atrás de Lívia. Augusta teme o momento e procura o seu vidro de calmantes, Lívia explode com o tio, dizendo já saber de tudo, e expulsa-o da casa de Guma. Rita consola Lívia, Guma ouve Oswaldo, Selminha está melhor e quer saber porque Rita a trata tão bem, mas ela desconversa. Amapola decide convidar os pais de Luiza para um jantar. Genésia repara na tatuagem de Ezequiel e se benze. Alfeu quase pega Socorrinho pronta para sair, mas ela finge estar indisposta. Amapola e Otacílio pegam Luiza e Fred namorando detrás do sofá. Félíx está de volta. Esmeralda reage forte.

SÁBADO, capítulo 78, 18 de maio, às 15h30 e à 00h:

Esmeralda faz um escândalo, fala que só tem quenga ali na casa e Rita a expulsa. Adma guarda a foto de D.Coló na bolsa. Esmeralda vai até a casa de Alexandre, Rodolfo e Leontina ficam muito impressionados com o segredo da família, que Oswaldo revela, Alexandre ensina à Esmeralda o golpe “Boa noite, Cinderela”. Amapola avisa à Luiza que vai jantar na casa dela daqui a três dias, Lívia não quer falar com Leontina e Rodolfo, mas cai nos braço da tia ao perceber que eles também não sabiam de nada. Selminha quer ir embora, mas Rita não deixa. Amapola liga para Adma, que disfarça. Babau manda os pescadores não serem pessimistas, porque o dinheiro já está na conta da Cooperativa. Félix fica uma fera ao saber de tudo por Eriberto e ameaça desfazer o financiamento. Selminha se decepciona ao perceber que Rodolfo não veio visitá-la. Adma abre a sua bolsa e não encontra o envelope. Ondina pergunta o que sumiu.

Top