Aguinaldo Silva manda indireta após direção da Globo culpá-lo por problemas de O Sétimo Guardião - Portal Overtube Aguinaldo Silva manda indireta após direção da Globo culpá-lo por problemas de O Sétimo Guardião - Portal Overtube

Aguinaldo Silva manda indireta após direção da Globo culpá-lo por problemas de O Sétimo Guardião

Aguinaldo Silva é o autor de O Sétimo Guardião (Reprodução)

Aguinaldo Silva é o autor de O Sétimo Guardião (Reprodução)

Globo decidiu convocar uma reunião com parte do elenco de O Sétimo Guardião. Estavam presentes atores como Tony Ramos, Lília Cabral, Marina Ruy Barbosa, José Loreto, Carolina Dieckmann, Flavia Alessandra e Milhem Cortaz, entre outros.

Segundo o portal UOL, Aguinaldo Silva foi criticado durante a reunião. Várias vezes de forma indireta e poucas de forma direta.

Uma das questões foi o fato de que ele chegou a ignorar pedidos da própria emissora para desenvolver os personagens mais bem avaliados por pesquisas internas. Ele também teria estourado o orçamento pelas gravações externas excessivas.

Silvio teria reiterado várias vezes que os três diretores estão muito satisfeitos com a forma como o elenco se comportou. Eles também agradeceram muito pelo profissionalismo de todos diante de todos os obstáculos.

Aguinaldo Silva decidiu fazer uma publicação que parece uma indireta à situação. “Se é preciso repetir eu repito: depois de 70 anos de discriminação e bullying eu tenho o couro duro”, disse ele no Instagram.

Nem todos os seguidores ligaram a publicação às questões referentes à novela. Algumas pessoas acreditam que ele esteja citando o massacre em Suzano, que terminou com oito pessoas assassinadas por dois adolescentes, que se mataram em seguida.

A reunião

Tal reunião foi comandada pelos diretores Silvio de Abreu, Monica Albuquerque e Rogério Gomes, o Papinha. Aguinaldo Silva não foi convidado.

A publicação afirma que, para os presentes, o clima foi bastante leve e com palavras positivas. A emissora agradeceu o elenco e pediu desculpas. Os convidados foram muito elogiados pelo empenho em um trabalho cheio de percalços.

Vários problemas rondaram O Sétimo Guardião antes mesmo da estreia. Primeiro, o autor foi acusado de plagiar a história de um grupo de alunos. Depois, atrasos, mudanças repentinas na história, polêmicas (como a separação de José Loreto) e o afastamento do protagonista Bruno Gagliasso.

A Globo teria informado que compreende a frustração de muitos dos presentes na sala, além de outras pessoas que não participaram, com o rumo de seus personagens. Eles ficaram um ano “presos” a essa produção e que uma insatisfação é compreensível.

Por fim, a emissora teria dito que a novela conseguiu atender as metas de audiência previstas para os tempos atuais.

Top