CNN nega interesse em Tralli, mas revela negociações com jornalistas da GloboNews - Portal Overtube CNN nega interesse em Tralli, mas revela negociações com jornalistas da GloboNews - Portal Overtube
Você está lendo
Página inicial > Televisão > CNN nega interesse em Tralli, mas revela negociações com jornalistas da GloboNews

CNN nega interesse em Tralli, mas revela negociações com jornalistas da GloboNews

César Tralli (Reprodução/TV Globo)

César Tralli (Reprodução/TV Globo)

Desde que a CNN Brasil anunciou seus primeiros contratados, muita especulação tem sido feita acerca dos próximos profissionais a serem levados para a nova emissora da TV paga brasileira. Entre eles, principalmente, jornalistas da Globo.

Já foram anunciados pelo canal Evaristo Costa e William Waack (que já não faziam parte do quadro da emissora carioca) e os repórteres Mari Palma e Phelipe Siani, que pediram demissão. A última foi Monalisa Perrone, que se demitiu no início do mês.

Desde que Monalisa deixou a Globo, mais especulações começaram a circular e o nome mais forte seria o de César Tralli, que estaria na mira da CNN Brasil e em negociações bastante avançadas. Tal informação, no entanto, não procede.

O canal procurou o colunista Maurício Stycer, do portal UOL, e afirmou que nunca existiu interesse em Tralli. “A CNN não fez nenhuma sondagem ou proposta para Cesar Tralli, conforme divulgado hoje. Respeitamos o profissional, mas o seu nome não está no escopo do canal”, garante.

Apesar disso, ele confirma a tentativa de contratação de Natuza Nery e Nathalia Toledo, jornalistas da GloboNews, que pertence à Globosat. Ambas afirmaram que receberam contrapropostas vantajosas para não mudarem de casa.

No comunicado, a CNN afirma, ainda, que outros profissionais que apareceram nas listas divulgadas nas últimas semanas não foram sondados. Por fim, o canal garante que não tentará contratar mais nenhum funcionário da GloboNews por conta de uma pesquisa encomendada.

Ainda sem data marcada para a estreia, a previsão é que o canal chegue à TV paga em novembro.

Top