Globo é obrigada a reintegrar funcionário com câncer que foi demitido - Portal Overtube Globo é obrigada a reintegrar funcionário com câncer que foi demitido - Portal Overtube

Globo é obrigada a reintegrar funcionário com câncer que foi demitido

Globo (Reprodução)

Globo (Reprodução)

A Globo acaba de sofrer mais uma derrota na Justiça Trabalhista. Pela quarta vez nos últimos dois meses, mais um funcionário demitido sem justa causa pela emissora deverá ser reintegrado ao quadro de funcionários do canal carioca.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, um almoxarife técnico foi demitido de seu cargo no último dia 15 de março. O profissional radialista trabalhava na sede da empresa, em São Paulo, e estava sendo submetido a um tratamento contra um câncer maligno na tireoide.

O profissional, que não teve seu nome revelado, provou que estava fazendo o tratamento desde o final do ano passado. Ele foi avisado a respeito de sua demissão dois dias antes de passar por uma tireoidectomia, que faz a extração completa da glândula.

Apesar disso, ele passou pela cirurgia. Mas um problema veio depois e deixou seu estado de saúde ainda mais grave. Durante a cirurgia, ele acabou desenvolvendo trombose venosa no olho direito. Por conta disso, está praticamente cego desse olho.

Segundo a publicação, a juíza Paula Becker Montibeller, da 19ª Vara do Trabalho de São Paulo, determinou na última semana que o funcionário fosse reintegrado imediatamento ao quadro de funcionários da Globo, empresa em que estava há 9 anos.

“É certo que o empregado não pode ser imotivadamente dispensado enquanto estiver com capacidade laboral reduzida, sendo obrigação do empregador encaminhá-lo para tratamento junto à Previdência Social”, diz o despacho da juíza.

Ainda de acordo com o documento, foi determinado que o profissional seja reintegrado em uma função que seja compatível com as suas limitações nesse momento. Além disso, a Globo também deve devolver imediatamente o seu plano de saúde.

Embora a defesa do funcionário tenha pedido que o caso ocorresse em segredo de Justiça, a juíza indeferiu o pedido alegando que a doença não ofende a intimidade ele. O advogado de defesa e a Globo não comentaram o caso.

Top