Jornal Nacional compara Lula e Bolsonaro e questiona a política ambiental - Portal Overtube Jornal Nacional compara Lula e Bolsonaro e questiona a política ambiental - Portal Overtube
Você está lendo
Página inicial > Televisão > Jornal Nacional compara Lula e Bolsonaro e questiona a política ambiental

Jornal Nacional compara Lula e Bolsonaro e questiona a política ambiental

Lula e Bolsonaro foram comparados no Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

Lula e Bolsonaro foram comparados no Jornal Nacional (Reprodução/GloboPlay)

A edição desta segunda-feira (19) do Jornal Nacional decidiu questionar o presidente Jair Bolsonaro no que diz respeito à política ambiental. O telejornal mais assistido do país fez uma longa reportagem para mostrar que ele está errado sobre o desmatamento na Alemanha.

A princípio, a atração exibiu uma matéria sobre o efeito das queimadas que castigam o estado do Mato Grosso, repercutindo a falta de recursos para combater os incêndios. O governo alemão suspendeu o recurso de envios para a proteção ambiental por aqui.

Antes de responder mais uma fala polêmica de Bolsonaro a respeito do assunto, William Bonner fez uma comparação entre o governante e o ex-presidente Lula. Ele diz que o atual repetiu a postura do antigo. “Os dois presidentes afirmaram que a Europa destruiu todas as suas florestas e que, por isso, não tem moral para dar conselhos sobre a Amazônia”.

“Mas nos últimos cem anos a Europa enfrentou duas guerras mundiais, o fim do comunismo e viu o surgimento da União Europeia. E apesar de todas essas transformações políticas e econômicas, cientistas afirmam que o continente se tornou mais verde. Hoje, depois de uma política de intenso reflorestamento, quase metade do território europeu é coberto por florestas”, disse, em resposta.

A reportagem que veio em seguida relembrou que a conferência Rio 92 estabeleceu que cada país tem suas obrigações, mas que o meio-ambiente é um assunto de todos. “Diante de dados alarmantes, governos brasileiros tão diferentes têm pelo menos uma reação em comum: ignorar esse combinado de 27 anos atrás”, afirmou a reportagem.

Uma fala do então presidente Lula foi relembrada. “Fico pensando que a Amazônia é que nem aqueles litros de água benta que tem na igreja: todo mundo acha que pode meter o dedo. Nós não podemos permitir que as pessoas tentem ditar as regras do que a gente tem que fazer na Amazônia”, disse à imprensa.

Em comparação, exibiram a declaração de Bolsonaro na semana passada: “Eu queria até mandar recado para a senhora querida Angela Merkel, que suspendeu 80 milhões de dólares pra Amazônia. Pega essa grana e refloreste a Alemanha, tá ok? Lá está precisando muito mais do que aqui”, afirmou.

Top