Paulo Henrique Amorim fica fora do ar na Record após críticas ao governo Bolsonaro - Portal Overtube Paulo Henrique Amorim fica fora do ar na Record após críticas ao governo Bolsonaro - Portal Overtube

Paulo Henrique Amorim fica fora do ar na Record após críticas ao governo Bolsonaro

Paulo Henrique Amorim durante o Domingo Espetacular, da Record (Reprodução)

Paulo Henrique Amorim durante o Domingo Espetacular, da Record (Reprodução)

O apresentador Paulo Henrique Amorim ficará um tempo afastado da televisão. A decisão foi tomada pela Record TV, que deixará o apresentador fora do ar, mas promete que tentará encaixá-lo em outros projetos da casa.

De acordo com o Notícias da TV, a Record optou por não demitir o apresentador que somava 14 anos no comando da revista eletrônica “Domingo Espetacular”. Recentemente Paulo Henrique Amorim foi afastado do programa, que passou a ser comandado por Eduardo Ribeiro, nome forte do Jornal da Record.

Leia mais: Âncora da Band defende Sheherazade e Paulo Henrique Amorim: “marcatismo Bolsonarista”

Paulo Henrique Amorim sempre foi crítico do governo liderado por Jair Bolsonaro (PSL) e por muitas vezes se posicionou contra as atitudes de Sérgio Moro na Lava Jato. Através do blog Conversa Afiada, o jornalista se posicionou favorável a esquerda política.

Record pretende renovar jornalismo dominical

Apesar da saída de Paulo Henrique Amorim do Domingo Espetacular esteja mergulhada em uma guerra política, as peças se encaixam melhor ao momento de renovação que a Record vem promovendo em seu jornalismo dominical.

Com Paulo Henrique Amorim fora do ar e Thalita Oliveira de licença-maternidade, os jornalistas Eduardo Ribeiro e Patrícia Costa serão as novas caras do dominical. Antes, a Record relutava em tirar Paulo Henrique Amorim pois considerava seu nome imprescindível no comando do programa. Uma pesquisa feita pela emissora constatou que o público presava por um nome forte do jornalismo na condução do Domingo Espetacular.

Janine Borba, que apresentava o Domingo Espetacular desde 2006, também foi outro nome a ser retirado do comando do jornalístico dominical. Contudo, a jornalista já foi deslocada para um projeto de boletins de notícias que a Record vem preparando.

Já o futuro de Paulo Henrique Amorim fica incerto, por agora. O que se sabe é que a Record mantém o seu contrato, que tem vigência até 2021, apesar do apresentador ficar fora do ar por tempo indeterminado.

Top